Um casamento para chamar de meu

Tenho muito orgulho e me enche de felicidade poder dizer que fui eu quem fiz meus bolos de casamento. Aliás, não só os bolos, mas todos os doces e os bem-casados.

Quando o casamento é menorzinho é mais fácil, porque além de todos os compromissos de noiva, você vai ter que fazer uma mega operação para planejar a execução dos doces. Antes de tudo, escolhi os modelos e sabores, montei um cronograma e fiz pesquisas na internet para saber tempo e tipo de armazenamento e rendimento de cada item, e agora compartilho com vocês.

 

MODELOS, SABORES E QUANTIDADES

Quanto maior a diversidade de tipos e sabores de docinhos, mais trabalho e mais caro vai sair. Isto porque fazendo mais quantidade de um tipo, você otimiza ingredientes (comprar quantidade de algo sai mais barato) e tempo (faz mais quantidade em menos vezes). Portanto eu decidi fazer 4 sabores clássicos que eu sei que todos gostam:

  • Brigadeiro de chocolate com confeito de chocolate belga 70% cacau.
  • Brigadeiro de chocolate com confeito de chocolate belga ao leite.
  • Beijinho de coco.
  • Camafeu de nozes.

Os brigadeiros levaram a mesma massa-base: chocolate blend (20% meio amargo e 80% ao leite).  O bolo, escolhi utilizar pratos de bolo com pés e queria 3 bolos de diferentes tamanhos de apenas 1 andar. Pesquisando no Pinterest me certifiquei que o modelo deveria ser bem minimalista com trabalho de bico feito somente com bettercream (xô pasta americana!).

Em um casamento, o cálculo dos doces é mais ou menos assim:

  • Quando há jantar, coquetel ou algum outro tipo de salgado sendo servido: 6 unidades para as mulheres e 4 unidades para os homens.
  • Bolo com champanhe (sem salgado): 8 unidades para as mulheres e 6 para os homens.
  • Bolo: 100g por convidado. É servido fatias finas e nem todo mundo come, então essa quantidade é mais que suficiente.
  • Bem-casado: de 2 a 3 por convidado, caso eles fiquem em algum lugar onde o convidado mesmo se serve, e 1 por convidado quando servido no lugar/mesa.

Meu casamento teve pouco mais de 60 convidados, foi servido entrada + jantar empratado e os doces e bolo servidos como sobremesa, por isso fiz um total de 400 doces e 3 bolos que no totalizavam, aproximadamente, 6kg.

 

CRONOGRAMA

Levando em consideração a durabilidade de cada item, montei um cronograma. É importante levar em conta o clima da sua cidade e a estação do ano, no meu caso, foi no inicio do inverno e aqui em Florianópolis é sempre mais úmido.

Doces

Massas-base: fiz 3 dias antes e guardei na geladeira.

Enrolar e embalar: fiz 2 dias antes e guardei em caixas de papelão dentro da geladeira. Ainda precisei usar a sexta-feira para finalizar os de nozes, que são mais complicados por conta do banho na calda de açúcar.

Bolo

Massa: fiz 3 dias antes e guardei com papel filme na geladeira.

Recheio: fiz 2 dias antes e guardei em pote de vidro bem fechado na geladeira.

Montagem e decoração: na véspera. Como estava frio e seco, e a cobertura era de bettercream, não precisei colocar na geladeira.

Bem-casados

Massa: 3 dias antes

Recheio : Se o recheio for com leite condensado cozido na panela de pressão, fazer um dia antes de rechear. Veja aqui como fazer com segurança.

Montagem e embalagem: 2 dias antes e foi necessário mais um dia (a véspera, no caso) para dar conta de tudo.

 

Na quantidade e variedade que eu fiz, é possível fazer com ajuda de mais uma pessoa (essencial!), em 3 dias. Mas é necessário já deixar tudo comprado e organizado pelo menos 1 semana antes, assim você evita imprevistos de ter que sair no meio da produção para comprar algo que falta. Todo o tempo é precioso, e o cansaço também atrapalha bastante.

Prontos para ver o resultado?

Casamento_Wagner_Kamila_00412Casamento_Wagner_Kamila_00411Casamento_Wagner_Kamila_00410Casamento_Wagner_Kamila_00409Casamento_Wagner_Kamila_00408Casamento_Wagner_Kamila_00406Casamento_Wagner_Kamila_00405Casamento_Wagner_Kamila_00209Casamento_Wagner_Kamila_00391

Logo vou publicar o passo a passo das receitas dos doces e bolo.

Agradecimento especial: Naiara Lúcio.

 

 

 

 

Iogurte Grego

Neste final de semana fiz o famoso Iogurte Grego caseiro. Me surpreendi com o resultado, pois não acreditava muito na semelhança com os de marca. Ficou incrível!

A receita e o passo a passo eu peguei no blog brancanacozinha.com da minha amiga Branca. Fazer o iogurte é muito fácil e gostoso e a sensação de ter um iogurte fresquinho, saudável e delicioso na geladeira é linda! Fonte de potássio e cálcio, e riquíssimo em proteína, o iogurte grego é muito saudável, embora um pouco mais calórico que o normal, mas aí é só saber equilibrar a dieta que está tudo certo!

Experimente com frutas frescas, geleias, misturar essência de baunilha, mel, bater com frutas, com granola… dá até para usar em receitas de sobremesa tipo panacota. Por ser sem açúcar (mas você pode adicionar, se preferir) dá até para usar em pratos salgados e saladas, misturando com limão e uma pitadinha de sal vira um sour cream refrescante para pratos mexicanos. Se empolgou? Então veja que lindo (e saboroso) pode ficar seu iogurte grego.

foto 2 (5)
Esta é a minha produção. Dos deuses (gregos)!

foto 1 (5)

foto 3 (5)
Consistência perfeita!
5885d2ef04d847dd95440104c4a53c86
Frutas frescas e granola.

fb83c223a3b9c2c9da1b0e10c0510372

4b6bc795f813f20b999b5e48acb3fafe
Com mel.

6c0e33e5752c1bc3ad8f7c21f6c07c3f

387c0068ac74deb8e9ac162474804ee1

a6237c4ef79636c6dba903d0a61994b7

c3e7bc04923ac63622eac6b196e2dbb5
Batido com fruta e gelo vira um delicioso Smoothie.
c972cacaae01d0f7d26aa0d32a330d95
Versatilidade: molhos para pratos salgados e saladas.

1c208a3f6a31f50f54fcddcc6aa9f93c